cavalos

Loading...

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Nasce o Blog do Cavalo Nordestino


Neste dia, 28/02/2010 às 11:30 hs, nasce o blog do CAVALO NORDESTINO, uma ferramenta de informações e congrassamento, para os amantes dos cavalos, assim como todas as raças nativas ameaçadas de extinção, seja animal ou vegetal, criado pelo Núcleo Juazeirense (BA) de Preservação e Seleção do Cavalo Nordestino, este rico patromônio genético Brasileiro ameaçado de extinção. Aqui vocês conhecerão todos os aspectos: culturais, históricos, zootécnicos e econômicos da raça, assim como, a figura do Vaqueiro Nordestino, todas as informações sobre o núcleo Juazeirense (BA) de preservação e seleção do cavalo nordestino, seus componentes e características do projeto, como: objetivos, metas, atividades realizadas, planos futuros e como qualquer pessoa pode ajudar e participar do nosso projeto. Vocês acompanharão periodicamente as nossas atividades. Será um grande prezer conhecê-los. Luis Cleber Soares Machado 74-3611-6176, 74-8804-7690 ou no e-mail cavalonordestino@hotmail.com

12 comentários:

  1. José Britto Veiga15 de abril de 2010 12:50

    Macaxeira tu eh um visionário, parabens pela iniciativa e por todo esse apanhado feito sobre o cavalo nordestino. Por tudo eu vejo que nao eh o nordestino que alem de tudo eh um bravo, eh o "cavalo" nordestino que merece esse dizer. Um abraços vei.

    ResponderExcluir
  2. macaxeira vc é arretado, o cavalo nodestino so lembra nossa imfancia !!!

    ResponderExcluir
  3. esse é bruto mesmo.essa qualidade de animal não pode desaparecer!

    ResponderExcluir
  4. vamos salvar os nossos cavalos nordestinos do perigo de serem atropelados nas rodovias, e selecionar essa raça forte.

    ResponderExcluir
  5. Macaxeira,parabens pela criaçao do blog ficou muito bom!!!Vamos divulgar a raça do cavalo nordestino por onde andarmos pois e muito importante para a cultura nordestina e para essa raça forte que é o cavalo nordestino.Valeu um grande abraço. Marlinhos

    ResponderExcluir
  6. Com as mudanças climáticas acontecendo muito rapidamente, graças as nossas atitudes ditas em prol da TECNOLOGIA para o DESENVOLVIMENTO, muitas espécies e raças estam sendo perdidas gradativamente, animais que a natureza demorou anos a fio para moldar e proporcionar a sobrevivência de sua espécie e da VARIABILIDADE, essa mesma, responsável por permitir a DIVERSIDADE e que indivíduos possam ser selecionados para viver adequadamente em um determinado meio, porém parece-nos que ESQUECEMOS DISSO ou melhor NAO SABEMOS E NAO NOS IMPORTAMOS COM ISSO, a questào é: Se perdemos a variabilidade dentro de uma espécie, reduziremos a sua população efetiva, a ponto de levarmos a sua extinção, a extinção de uma raça ou em casos extremos da própria espécie. Mudamos as características do ambiente rapidamente e não damos importância e espaço para a natureza reestabelecer o seu equilibrio, ao contrário, somos selvagens e velozes. Pena de nossa espécie, porque ignoramos que a própria variabilidade dentro de nossa espécie é BAIXISSIMAAAAAAAAAAAA!!!! Ou seja, uma mudança brusca e radical, simplesmente entraremos na história de uma espécie que existia, mas para um históri ad eninguém. Temos tempo para mudarmos nossos atos.
    Ignorarmos o CAVALO NORDESTINO como raça de VALOR ZOOTECNICO em todos os aspectos, social, ecnômico, biológico e estarmos contribuíndo para o total DESCASO E IGNORANCIA de nossa cultura e da própria VIDA na terra.
    Cleber eu n ão tenh dinheiro, mas tenho consciência do que devemos fazer e sei q vc é o exemplo para todos nós. conte comigo para o seu trabalho!
    Se eu puder contribuir com o cavalo, ao menos com 10% do q vc tem feito ficarei bastante feliz!
    Tudo de bom!!!!!

    ResponderExcluir
  7. muito bom estavamos realmente precisando de um blog desses para consagrar essa raça

    ResponderExcluir
  8. Luís Cleber, em primeiro lugar, quero parabenizá-lo de público com o seu trabalho pelo Nordestino e pelo blog. Realmente está muito bom. Conte com o meu apoio. Em segundo, como você me pediu e como lhe prometi, quero externar a minha opinião, também de público, apesar de não ser simpático a esta idéia, aos seguidores e principalmente aos componentes do Núcleo de Criadores de Juazeiro sobre a logomarca usada na Associação. Já havia comentado com o Dr. Jânio, em sua passagem por Teresina, e com você, por telefone. Sei que a recuperação da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Nordestino passa, necessariamente por vocês, mas se querem motivar e incentivar o maior número de criadores do Nordeste, deveriam pensar em outra logomarca. A carranca é interessante, mas tem a ver apenas com o Rio São Francisco e este não passa pela maioria dos estados do Nordeste. Passa por apenas 4 deles. Maranhão, Piauí, Ceará, RGN e Paraíba não sofrem esta influência das carrancas. No meu estado, Piauí,onde muito se cria oNordestino, e onde seria terreno fértil para a implantação de um Núcleo de Criadores, ela é apenas uma curiosidade, mas não está no imaginário ou no inconsciente coletivo das pessoas. Não sensibilizaria criadores em potencial. Sei que você não gosta da idéia de usar novamente o chapéu de couro, apesar de eu ser muito simpático a usá-lo novamente, pois não vejo outro símbolo tão regional e ao mesmo tempo tão abrangente e tão nordestino quanto ele. Tem a ver com vaqueiro e com nordeste. Assim, gostaria de expor a minha opinião a respeito da carranca, que sei que é a de muitos criadores daqui. Sem querer ofender aos criadores da idéia de usar a carranca, se queremos uma Associação Brasileira e com raízes fortes no Nordeste, não deveríamos usar uma logomarca que pouco diz a criadores de outros estados nordestinos. Se não vamos usar mais o chapéu de vaqueiro e proponho uma discussão sobre isto, pensemos em outra simbologia tão abrangente quanto ele. Abraços. Marcos.

    ResponderExcluir
  9. Enquanto existir o vaqueiro
    Enquanto houver a esperança
    Enquanto houver o destino
    Sempre haverá
    O cavalo Nordestino

    ResponderExcluir
  10. Amigo Carlos, agradecemos muuito o apoio de todos que acreditam no potencial do Cavalo Nordestino e na Importãncia do Vaqueiro. Seja bem vindo e volte sempre!

    ResponderExcluir
  11. Oi Luís cleber você estar bem?Eu Sou nascimento fortaleza,gostaria d parabenizar a vossa iniciativa e dizer que eu também sou um amante do cavalo nordestino.Um Abraço e por gentileza me mantenha informado sobre as ações do blog e do núcleo de preservação.meu e-mail é o seguinte:nascimentofortaleza@gmail.com

    ResponderExcluir