cavalos

Loading...

sábado, 3 de abril de 2010

Os Cavalos da África do Norte (Em Francês)

video

Este vídeo é resultado das nossas buscas pela rede mundial de computadores para provar que os cavalos das raças nativas são valorizados em outros países, principalmente o bérbere, árabe e o turquiano, essas três raças que são as bases de quase todas as raças que conhecemos no mundo ocidental. Este vídeo e outro que disponibilizaremos depois foram retirados do site da Associação Francesa dos Criadores do Cavalo Barbo, dêem um pause nas imagens antigas e vejam a semelhança daqueles animais com os nossos, digo os da raça bérbere ou barbo, olhem os membros, as cabeças, o chanfro, a inclinação da garupa, incerção da cauda, pescoço, enfim, analisem as semelhanças com muitos de nossos cavalos nordestinos. Até hoje o exército francês mantêm esta seleção e nas imagens atuais comparem as diferenças dos animais quando bem tratados e selecionados. Podemos também fazer o mesmo, mas será que teremos que recorrer ao interesse internacional para isso? Esperamos que não, pois ainda falta muita gente conhecer o verdadeiro potencial do nosso cavalo nordestino, o "Cavalo Barbo Brasileiro". Vamos nos unir e fazer acontecer pois ele precisa de tão pouco para mostrar muito!

2 comentários:

  1. O correto seria falar em cavalo árabe-berbere. As caracteristicas do psa são evidentes. O exercito francês usou o PSA com éguas nativas do Magreb para produzir um cavalo de guerra.

    A frança tinha plantel de cavalo de guerra muito arabizados. Com base em garanhões árabes formou a melhor cavalaria da europa.

    ResponderExcluir
  2. O correto seria falar em cavalo árabe-berbere. As caracteristicas do psa são evidentes. O exercito francês usou o PSA com éguas nativas do Magreb para produzir um cavalo de guerra.

    A frança tinha plantel de cavalo de guerra muito arabizados. Com base em garanhões árabes formou a melhor cavalaria da europa.

    ResponderExcluir